Escola do Legislativo busca parceria com instituto do Senado Federal para ampliar capacitações

Servidores visitaram instalações do Intelergis, em Brasília; parceria visa a ampliação de cursos presenciais e à distância

Uma equipe da Escola do Legislativo visitou a sede do Intelergis (Instituto Legislativo Brasileiro), em Brasília, para conhecer os cursos realizados em busca de uma parceria para atender alunos de Roraima. O instituto é um órgão de qualificação do Senado Federal que oferta treinamentos para outras Casas Legislativas, por meio da plataforma Saberes.

Um dos principais objetivos foi firmar uma parceria entre a Assembleia Legislativa de Roraima e o programa do Senado Federal para ampliar a oferta de cursos, nos modos a distância e presencial, para a comunidade em geral e servidores do Poder Legislativo.

Na tarde desta terça-feira (15), o diretor do Instituto Legislativo Brasileiro, Márcio Coimbra, recebeu os professores para acertar os detalhes do Termo de Cooperação Técnica, que deve ser firmado ainda este ano, com a presença do presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, Jalser Renier. “Vocês têm uma excelente estrutura de trabalho. Nós estamos muito felizes em poder colocar o Senado e a Interlegis a serviço da Escola do Legislativo de Roraima”, disse Márcio Coimbra.

A visita durou dois dias, quando a equipe foi recebida por profissionais de diversas áreas de atuação do instituto. No primeiro dia, os servidores conheceram as instalações do edifício Senador Ronaldo Cunha Lima, onde funcionam todas as atividades. Eles puderam tirar dúvidas sobre o Portal Saberes, uma plataforma de ensino e aprendizagem que oferece cursos abertos e a distância para a comunidade legislativa e também para o cidadão em geral. Os professores também conheceram a dinâmica e a temática das oficinas oferecidas.

A diretora da Escola do Legislativo, Cristina Mello, destacou a necessidade de modernizar e ampliar as modalidades de capacitação no Estado. “É uma proposta do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Jalser Renier, efetivar essa parceria da Escola do Legislativo, onde a comunidade só tem a ganhar com cursos a distância”.

Para o professor Ademir Barros, a Escola do Legislativo a visita se tornou uma troca de conhecimento onde todos saem ganhando. “Descobri um núcleo muito mais amplo do que imaginava. Essa integração vai ser muito importante para a Escola do Legislativo, para as Câmaras de Vereadores dos municípios, para os deputados”, opinou.

No início deste mês, o diretor da Interlegis, Márcio Coimbra, veio ao Estado, a convite do presidente do Poder Legislativo, deputado Jalser Renier, para conhecer a estrutura educacional da instituição que oferta cursos, de forma gratuita, à população. Na ocasião, ele adiantou que o Senado disponibilizará monitores de Brasília para ministrar cursos na Escola do Legislativo.

Texto: Gabriela Nogueira

Foto:Divulgação/ Interlegis

SupCom ALE-RR

Escola do Legislativo oferta mais de 3 mil vagas para cursos em quatro municípios

Cursos serão ofertados em Caracaraí, Alto Alegre, Rorainópolis e Mucajaí; inscrições iniciam nesta segunda-feira

Os moradores de Alto Alegre, Mucajaí, Caracaraí e Rorainópolis que desejam aprender um idioma ou se capacitar sem precisar se deslocar até a Capital devem ficar atentos. A Escola do Legislativo Cursos Preparatórios vai ofertar mais de 3 mil vagas em cursos gratuitos. A inscrições iniciam na próxima segunda-feira (14).

Segundo a diretora da Escola do Legislativo, Cristina Mello, essa é a maior oferta de vagas para o interior desde que a unidade ampliou as atividades para os municípios. “Mais uma vez a Escola do Legislativo abre essa oportunidade inédita, com mais de 3 mil vagas para atender os quatros municípios, com cursos em diversas áreas e com novidades”, explicou.

Algumas modalidades são ofertadas pela primeira vez como, primeiros socorros, auxiliar administrativo, técnica de vendas e recreação infantil.  São ofertados também cursos na área de administração, contabilidade, cerimonial, primeiros socorros, informática e idiomas. Além de aulas de informática e idiomas voltadas para pessoas acima de 16 anos, haverá também turmas kids para crianças e adolescentes de 9 a 15 anos.

Inscrições

Na próxima segunda-feira (14) começam as inscrições em Alto Alegre, com um total de 1.300 vagas ofertadas, e no município de Mucajaí, com 390 vagas. Já na terça-feira (15) começam as inscrições em Rorainópolis, onde são ofertadas 680 vagas, e em Caracaraí, com 880 vagas.

Os interessados nos cursos precisam levar os documentos pessoais como RG, CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) e o comprovante de residência. Para os menores de 18 anos, é necessário apresentar a documentação dos pais ou responsáveis. Mais informações pelo 98402-3402.

Confira o endereço dos Núcleos:

 

Caracaraí – Rua Presidente Kennedy, nº 1.115, Centro.

Alto Alegre – Avenida João XXIII, Centro.

Mucajaí – Rua Padre Ricardo Silvestre, s/n.

Rorainópolis – Rua Ulisses Guimarães, s/n.

Alto Alegre

Cursos

Vagas

Início

Espanhol niños

90

22/10

Espanhol básico

90

21/10

Espanhol intermediário e avançado

90

22/10

Inglês kids

90

22/10

Inglês básico

90

21/10

Inglês intermediário e avançado

90

21/10

Libras intermediário

150

21/10

Primeiros Socorros – Módulo  II

150

22/10

Recreação Infantil

150

21/10

Auxiliar de finanças e contabilidade

150

21/10

Informática básica

60

21/10 e 22/10

Informática intermediária

40

21/10

Informática avançada

40

22/10

Informática kids

20

22/10

Mucajaí

 

Cursos

Vagas

Início

Primeiros Socorros – Módulo 

90

22/10

Auxiliar administrativo

90

21/10

Cerimonial de eventos

90

09/11

Informática kids

20

21/10

Informática básica

60

21/10 e 22/10

Informática avançada

20

22/10

Informática intermediária

20

21/10

 

Rorainópolis           

 

Cursos

Vagas

Início

Técnica de vendas módulo II

120

25/10

Primeiros Socorros

120

21/10

Técnicas para organização de festas

120

26/10

Informática kids

20

21/10

Informática básica

40

21/10

Informática intermediária

20

21/10

Informática avançada

20

22/10

Libras intermediário

20

22/10

Inglês kids

100

21/10 e 22/10

Inglês módulo I (básico e intermediário)

50

21/10

Inglês módulo II                    (avançado)

50

09/11

Caracaraí

 

Cursos

Vagas

Início

Informática kids

40

21/10

Informática intermediária

60

21/10 e 22/10

Informática básica

60

22/10

Informática avançada

60

21/10 e 22/10

Primeiros socorros

60

21/10

Recreação infantil

60

26/10

Inglês kids

120

21/10

Inglês intermediário

60

21/10

Inglês avançado

60

21/10

Espanhol niños (básico)

60

22/10

Espanhol niños (intermediário)

60

22/10

Espanhol niños (avançado)

60

22/10

Espanhol básico

60

22/10

Espanhol intermediário

60

22/10

 

 

Texto: Vanessa Brito

Foto: Alex Paiva

SupCom ALE-RR

Diretor da Interlegis vem a Roraima conhecer Escola do Legislativo

Parceria firmada visa a ampliação de cursos presenciais e a distância por meio da plataforma saberes

A Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa de Roraima, recebeu nessa quinta-feira (3), a visita do diretor Executivo da Interlegis (Instituto Legislativo Brasileiro), do Senado Federal, Márcio Coimbra, que veio ao Estado, a convite do presidente do Poder Legislativo, deputado Jalser Renier (SD), para conhecer a estrutura educacional da instituição que oferta cursos, de forma gratuita, à população.
Ele foi recebido pela diretora da Escola do Legislativo, Cristina Mello, e pelo superintendente geral da Assembleia Legislativa, Marcelo Lopes, no prédio situado na rua Solón Rodrigues Pessoa, no bairro Pintolândia. No local, Márcio Coimbra visitou a Feira de Livros, iniciada nessa quinta-feira, e algumas das aulas ministradas, entre elas a de Espanhol.
A proposta é estreitar parcerias entre a Assembleia Legislativa de Roraima e o programa do Senado Federal para ampliar a oferta de cursos, nos modos à distância e presencial, para a comunidade em geral e a servidores do Poder Legislativo, através da plataforma Saberes. A princípio, disse Márcio Coimbra, a ideia é ofertar uma plataforma com 27 cursos online, diretamente pelo site da Escola do Legislativo.
“Vocês têm uma excelente estrutura de trabalho, com apoio do deputado Jalser [Renier], que entrou em contato com o presidente do Senado Federal, Davi [Acolumbre]. O presidente me passou essa tarefa de vir à Roraima, atender a Escola do Legislativo, para levar adiante este processo educacional que a gente já tem no Senado também para Roraima”. Márcio Coimbra ressaltou a necessidade de ampliar a capacitação devido, principalmente, ao aumento no número de imigrantes no Estado. “Estamos diante deste desafio de trazer essa capacitação, seja online ou presencial, para Boa Vista”.
À tarde, os três estiveram reunidos na sala de reuniões da presidência da Assembleia Legislativa de Roraima para que Márcio Coimbra apresentasse mais detalhes sobre o programa. “O Senado também disponibilizará monitores de Brasília, profissionais capacitados que virão para ministrar cursos aqui na Escola, de áreas que ainda não temos. Mais uma vez o presidente está proporcionando um avanço na Escola e na educação”, salientou Marcelo Lopes.

Esta parceria, destacou Cristina Mello, vai beneficiar diretamente a população. “Este é o início de uma parceria da Escola com a Interlegis. Vamos proporcionar para os alunos também cursos a distância”.

Texto: Yasmin Guedes
Foto: Lucas Almeida e Eduardo Andrade
SupCom ALERR

Escola do Legislativo realiza Feira de Livros com apresentações literárias

Na exposição, as pessoas podem levar livros e trocá-los por outras obras disponíveis     
Para estimular a leitura entre alunos e comunidade em geral, a Escola do Legislativo Cursos Preparatórios, Unidade Silvio Botelho, começou nesta quinta-feira (3), a Feira de Livros com apresentações literárias. O evento segue até a quarta-feira (9), período em que as pessoas podem levar livros e trocá-los por outras obras disponíveis.
Mesmo com a tecnologia, o livro físico ainda é querido por muitos. Um exemplo é a estudante Suelen Moraes, de 23 anos, que possui várias obras em casa, e na Feira aproveitou para trocar por outros títulos. A jovem diz que gosta de ler, uma forma de viajar para outro mundo por meio de um livro. Ela cursa inglês e espanhol na Escola do Legislativo.
“Gostei da feira, pois ao invés de gastar para adquirir um livro, preciso apenas trocá-lo. Recomendo organizarem mais eventos como esse, porque isso estimula as pessoas a lerem mais ainda”, disse.
Atualmente, um dos principais entretenimentos entre os jovens são as séries disponibilizadas na internet, mas isso é uma exceção para a leitora Flávia Tebier, de 13 anos, que gosta de passar a maior parte do tempo lendo livros. Ela ficou sabendo da Feira quando acompanhava a irmã, que foi verificar os cursos disponíveis na escola no dia anterior.
“Quando a gente lê, imagina muita coisa engraçada na mente, às vezes fico rindo sozinha. Achei muito boa a ideia, para as pessoas aprenderem e ler mais”, disse.
Segundo a professora de redação e português, Laeny Amaral, uma das organizadoras da feira, a proposta do evento é estimular o hábito de leitura dos alunos acima de 16 anos, para eles exercitarem a interpretação de textos, o que vai ajudar nos vestibulares e os concursos.
“O contato com o livro físico estimula mais ainda o hábito de leitura. Quando se lê muito, o vocabulário enriquece, e o aluno consegue se desenvolver mais”, explicou.
Em relação a troca de livros, cada pessoa pode levar até três livros usados, em bom estado, que serão trocados pelos títulos expostos nas mesas.
Além disso, durante a feira, os alunos da Escola do Legislativo farão apresentações literárias encenando personagens como Lampião e Maria Bonita, Chapeuzinho Vermelho, Menino Maluquinho. A Escola do Legislativo está localizada na rua Solón Rodrigues Pessoa, 1.313, no bairro Pintolândia, das 7h30 às 22h.
Para realização da Feira de Livros, a Escola arrecadou obras com apoio dos estudantes e a comunidade, totalizando 800 itens. A ideia da Feira de Livros partiu dos professores das disciplinas de Português/Redação e Interpretação de Textos que lecionam nas turmas de preparatórios para concurso público e para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e Vestibulares.
Texto: Vanessa Brito
Foto: Lucas Almeida
SupCom ALE-RR

População tem acesso a aulas de informática na Escola do Legislativo

A unidade iniciou uma nova turma nesta segunda-feira (30)

Para que mais pessoas tenham acesso à informática, a Escola do Legislativo Cursos Preparatórios, Unidade Silvio Botelho, começou nesta segunda-feira (30), uma nova turma da modalidade.

Segundo o professor Roniere Freitas, são quatro turmas de informática básica, intermediária e avançada, totalizando 96 alunos, com aulas de manhã, tarde e a noite. Ele explica que essa modalidade é uma das mais procuradas na instituição.
“As pessoas procuram muito esse curso, pois todo mundo precisa para vida profissional e pessoal. Para se colocar no mercado de trabalho, é necessário saber mexer em um computador”, disse.

A tecnologia está presente em vários setores, assim como no empreendedorismo, e a maquiadora Adriana Rodriguez, de 27 anos, resolveu cursar informática na Escola do Legislativo, para aprender e divulgar os serviços na internet.
“Nunca tinha feito um curso, espero ter grandes resultados. A gente precisa bastante dessas informações, porque hoje em dia é tudo por meio da tecnologia, então temos que aprender informática”, disse.
Uma das fases mais importantes na vida de um jovem é conseguir um emprego, e para alcançar isso, o estudante William Soares, de 16 anos, buscou o curso de informática na Escola, para somar na futura profissão, como cerimonialista.
“O mercado de trabalho exige muito, a competência para trabalhar. Então, a gente vem na Escola do Legislativo em busca de conhecimento, principalmente para entrar no mercado de trabalho”, explicou.

Outra nova turma iniciada nesta segunda-feira foi o curso de espanhol básico, com 200 alunos.
Mais informações sobre os cursos da Escola do Legislativo – Cursos Preparatórios, Unidade Silvio Botelho, rua Solón Rodrigues Pessoa, nº 1.313, bairro Pintolândia. Mais informações pelo telefone 98402-3402 e pelo endereço eletrônico www.escola.al.rr.leg.br.

Texto: Vanessa Brito
Foto: Alfredo Maia
SupCom ALE-RR

Escola do Legislativo oferta curso sobre rotinas doméstica para quem busca emprego na área

Aulas buscam garantir eficiência na organização do lar, preservado a saúde dos alunos
Para uns parece um bicho de sete cabeças, para outras um planejamento essencial no dia a dia. A rotina doméstica é importante para que as tarefas diárias sejam executadas de forma correta. Pensando nisso, a Escola do Legislativo Cursos Preparatórios, unidade Silvio Botelho, iniciou neste sábado (28) o curso Rotinas Domésticas para quem deseja atuar como ajudante do lar.
Apesar de o curso ter iniciado neste sábado, ainda há inscrições abertas; as aulas serão realizadas aos sábados, das 14h30 às 17h30. Durante as aulas, a professora Thathiana Picanço ressalta que serão aplicados conteúdos voltados para o bem estar das alunas. “Irei abordar a questão da higiene, da própria saúde, dos movimentos que vão fazer para não prejudicar o corpo, além de um cronograma para que tenham uma ideia de como fazer uma faxina em uma semana e também em um dia”.
O objetivo do curso, segundo a professora,  é mostrar as noções básicas começando dentro de casa. “Essa organização vai começar dentro de casa. A maioria aqui não tem experiência, então começam a pensar na rotina da sua casa, de como poderão ganhar tempo na questão da higienização e também de como começar e terminar uma limpeza”, comentou.
De acordo com a diretora da Escola do Legislativo, Cristina Mello, o curso supre uma demanda do mercado. “Sabemos que hoje em dia algumas empresas estão contratando nessa área de domésticas e diaristas e, essas pessoas precisam de uma experiência comprovada”.
Para Valdenia Ferreira, o conhecimento nunca é demais. Ela, que trabalha como empregada doméstica há 12 anos no Estado, explica que um diploma é essencial. “Trabalho na área há muitos anos, mas não tenho diploma. Geralmente quando as pessoas buscam por um profissional, eles exigem um diploma e, com esse curso, eu espero cada vez mais melhorar o meu desempenho na minha função”, destacou.
Dona Albertina Mota nunca tinha ouvido falar de uma capacitação voltada para as secretárias do lar. Ela também já atua na área e, explica a necessidade do aprendizado. “Como eu já trabalho na área, eu procurei fazer esse curso para aprender coisas que eu ainda não sei”, disse.
Os interessados podem procurar a Escola do Legislativo – Cursos Preparatórios, localizada na rua Sólon Rodrigues Pessoa, nº 1313, bairro Silvio Botelho.  Informações pelo 98402 3402.
Texto: Jéssica Sampaio
Foto: Lucas Almeida
SupCom ALE-RR

Aulão da Aprovação reúne mais de 700 concurseiros na Assembleia Legislativa

Plenário virou sala de aula, onde candidatos do concurso da Semges receberam as últimas orientações antes da prova
Neste domingo (29) serão aplicadas as provas do concurso público da Semges (Secretaria Municipal de Gestão Social). Por isso, muitos concurseiros aproveitaram o sábado (28) para tirar dúvidas durante o “Aulão da Aprovação Semges”, na Assembleia Legislativa de Roraima, realizada pela Escola do Legislativo Cursos Preparatórios.
O plenário da Casa foi transformado em uma grande sala de aula ocupada por mais de 700 pessoas em busca da tão sonhada aprovação e estabilidade financeira.
O presidente do Poder Legislativo, deputado Jalser Renier (SD), esteve no Aulão da Aprovação para levar uma palavra de apoio a todos os concurseiros. “A Assembleia Legislativa tem uma responsabilidade social muito grande e a gente alcança a cada dia que passa. Você vê o empenho de cada um em querer passar de uma fase da vida. Para nós é um motivo de muita alegria”, complementou.

Entre os alunos estava Maria das Neves Rodrigues, que aos 51 anos, concorrerá ao cargo de Assistente Social e está empolgada e ansiosa por mais este certame.

Das disciplinas cobradas no concurso, a que mais preocupou Maria das Neves foi informática. “Informática é muito difícil para quem não entende, só sei a prática, mas a teoria não tinha”.

Outra aluna da Escola do Legislativo, Elizângela Silva tem 21 anos e saiu da cidade de São Luiz, a 335 quilômetros da Capital, assim que soube da publicação do edital do concurso da Semges. Determinada, deixou a casa onde mora há três meses para morar com a tia e fazer cursinho preparatório na Escola do Legislativo.

“Como estão difíceis as coisas, eu vim pra cá [para Boa Vista], fiz cursinhos aqui na Escola do Legislativo e vim para o aulão para tentar uma oportunidade”, afirma Elizângela, que está com o coração a mil e que fará uma revisão de todas as anotações.
O Aulão da Aprovação reúne neste sábado professores de todas as disciplinas voltadas a este certame. Pela manhã, Laeny Amaral (Português) e Lausson Magalhães (Administração Pública) revisaram o conteúdo para o concurso. A tarde será a vez de mais seis professores entrarem em cena para desmistificar mitos e dúvidas quanto a prova.

IFRR
Após este preparatório, a partir do dia 20 de outubro iniciará o preparatório para o concurso do IFRR (Instituto Federal de Roraima). Para a diretora da Escola do Legislativo, Cristina de Mello, é satisfatório para toda a equipe contribuir na educação e conhecimento destes concurseiros. “Ano passado a Escola aprovou mais de 50 alunos e agora queremos o dobro”, destacou.

Texto: Yasmin Guedes
Foto: Alex Paiva e Jader Souza
SupCom ALERR

Escola do Legislativo promove Aulão da Aprovação para concurso da Semges

Concurseiros participarão de simulado na véspera da aplicação das provas

Para reforçar o conhecimento dos alunos inscritos no curso preparatório para o concurso público da Secretaria Municipal de Gestão Social (Semges), a Escola do Legislativo Cursos Preparatórios, Unidade Silvio Botelho, realiza no próximo sábado (28), o Aulão da Aprovação, no Plenário Noêmia Bastos Amazonas, da Assembleia Legislativa de Roraima.

De acordo com a diretora da Unidade, Cristina Mello, os alunos terão que garantir suas vagas por meio de senhas distribuídas na sede da unidade. “Vamos fazer a distribuição de senhas para que os nossos alunos sejam atendidos. Essa distribuição será feita aqui, na Escola, na sexta-feira, dia 27, para que eles garantam suas vagas no Plenário e possam assistir às aulas”, destacou. A Escola do Legislativo – Cursos Preparatórios, está localizada na rua Sólon Rodrigues Pessoa, nº 1313, bairro Silvio Botelho.

Apesar de os alunos realizarem um simulado durante o aulão, para a fixação dos conteúdos, a coordenação da Escola do Legislativo, juntamente com os professores, também está preparando um momento de descontração para os alunos. O evento contará com a participação de um DJ, brincadeiras e dinâmicas para que os concurseiros aprendam se divertindo.

Conforme a professora de português, Laeny Amaral, a véspera do concurso é um momento em que os alunos estarão tensos e precisam de um pouco de descontração. “Nós iremos levar um pouco de animação para que eles fiquem relaxados no dia da prova. Será um dia de revisão importante para que eles relembrem e assimilem o conteúdo visto em sala de aula”, comentou.

Expectativa

Desempregada e visando a aprovação no certame, a pedagoga Wilma Guimarães destaca que está na expectativa para o aulão. Ela explica que, com o apoio do Poder Legislativo, seu esforço valerá a pena. “Aqui, temos os melhores professores e tenho certeza que vamos conseguir. Cada vez mais, a expectativa aumenta e esse aulão veio para somar”.

Aos 55 anos, Irailde de Paula também está se preparando para o concurso na Escola do Legislativo. Atualmente, ela trabalha como porteira em uma escola e concilia os estudos com a atual função. “O aulão será muito importante porque irei relembrar o que estou aprendendo na sala de aula. Com meu esforço, irei passar”, disse.

Cronograma de disciplinas e horários do Aulão da Aprovação:

DISCIPLINA HORÁRIO   PROFESSOR (A)
PORTUGUÊS 8h às 10h LAENY AMARAL
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 10h às 12h LAUSSON MAGALHÃES
NOÇÕES DE INFORMÁTICA  

14h às 16h

EULINA MEDEIROS

RONIERE FREITAS

HENRIQUE CÉZAR LOPES

LEGISLAÇÃO MUNICIPAL 16h às 18h LAÍZE PIMENTEL

ABEL MANGABEIRA

ISADORA RODRIGUES

 

Texto: Jéssica Sampaio

Foto: Alex Paiva

SupCom ALE-RR

Escola do Legislativo arrecada livros para estimular o hábito da leitura entre os alunos

Quem quiser pode contribuir com a doação de livros até o dia 2 de outubro

A Escola do Legislativo Cursos Preparatórios, Unidade Silvio Botelho, receberá até o dia 2 de outubro, doações de livros de diversas categorias para execução da primeira Feira de Livros. O evento será realizado de 3 a 9 de outubro, na sede localizada na rua Solón Rodrigues Pessoa, 1.313, no bairro Pintolândia.

Podem participar alunos da instituição, bem como a sociedade em geral. A entrega pode ser feita na recepção da Escola do Legislativo, das 7h30 às 22h. A proposta, de acordo com a diretora, Cristina Mello, é incentivar os participantes da Escola ao hábito da leitura e, assim, melhorar o desempenho na escrita e interpretação de textos.

A ideia da Feira de Livros partiu dos professores das disciplinas de Português/Redação e Interpretação de Textos que lecionam nas turmas de preparatórios para concurso público e para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e Vestibular. “A priori estamos arrecadando esses livros até o dia 2 de outubro e a partir do dia 3 ao dia 9, acontecerá a Feira na Escola do Legislativo”, explicou Cristina de Mello.

Conforme a diretora, no dia 3 de outubro haverá a exposição dos livros onde os interessados poderão retirar ou trocar por qualquer um dos exemplares disponíveis. Para acompanhar o momento, haverá apresentação cultural com músicos, peças teatrais e apresentação de literatura em cordel.

Texto: Yasmin Guedes
Foto: Eduardo Andrade
SupCom ALE-RR

Escola do Legislativo promove inclusão da pessoa com deficiência por meio da educação

As histórias de Ana Maria Costa e Joyce Bezerra mostram como a qualificação pode ajudar no relacionamento entre pessoas com deficiência e a sociedade

Em novembro do ano passado Ana Maria Costa recebeu o laudo de autismo leve do filho mais novo, de apenas 3 anos. Para estimular o desenvolvimento do pequeno Miguel Artur, a família teve que se adaptar às necessidades dele. Foi então que junto com a irmã Adriana Menezes, ela decidiu iniciar o curso de Educação Especial ofertado pela Escola do Legislativo Cursos Preparatórios.

Ao saber da oportunidade Ana Maria contou que ficou surpresa. “Eu achei muito válido porque não é comum em rede pública um curso tão importante como este”. Ela compartilhou ainda que com as aulas pôde inovar na rotina do filho. “Eu consegui produzir brinquedos que estimulem ele a brincar, porque era uma dificuldade que ele tinha”.

Para Ana Maria disponibilizar informação nessa área é essencial para construir uma sociedade menos preconceituosa em relação à pessoa com deficiência. “Educando a sociedade, o olhar vai mudar, as pessoas começam a entender, ajudar e apoiar”, salientou.

Em breve ela pretende começar o curso de Educação Especial módulo II. Como mãe, Ana Maria disse já ter procurado outros meios de conhecer sobre o assunto, mas o curso foi uma ajuda essencial para ela e a família. Apesar de o início ter sido um choque, segundo ela, o bem estar de Miguel é o que a impulsiona. “Por amor a ele, a gente deixou essa fase do difícil de lado e fomos à luta”.

Libras como segunda língua

Ao nascer, a estudante Joyce Bezerra teve os tímpanos perfurados, o que ocasionou a perda parcial da audição. Com o tempo, cuidado e uma cirurgia realizada aos 15 anos ela conseguiu se recuperar aos pouco, no entanto, não completamente. Ao longo dos anos, por não usar o aparelho auditivo devido ao custo alto, a situação pode agravar e chegar a perder totalmente a audição.

“Se tiver duas pessoas falando ao mesmo tempo comigo eu não vou conseguir atender, então eu tenho que ter o dobro de atenção”, contou.

Hoje com 24 anos ela é acadêmica de Letras na Universidade Federal de Roraima (UFRR). Para complementar o aprendizado ela resolveu iniciar o curso de Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) na Escola do Legislativo. Além de trabalhar a prática, aprender a língua a ajudará a se comunicar. “Querendo ou não eu tive que aprender Libras, porque gradativamente conforme os anos forem passando, e eu não cuidar , posso ter essa perda auditiva mais grave até ficar surda mesmo”, explicou.

A estudante ressalta que a Escola do Legislativo é uma das poucas instituições que oferta esse curso e devido à localidade, alcança um número maior de pessoas que não têm como se deslocar para o centro. O conhecimento adquirido é repassado também para quem está próximo de Joyce. “Eu tento repassar o quanto eu posso para a minha família”. Dando continuidade aos estudos, ela irá fazer também Libras Intermediário neste semestre.

Texto: Bárbara Araújo
Foto: Lucas Almeida / Alex Paiva
SupCom ALE-RR